A congelação da massa de padaria tem múltiplos benefícios para os padeiros, sobretudo na gestão do tempo e na organização da produção. No entanto, é um processo agressivo que pode deteriorar a qualidade do produto final, já que afeta o desenvolvimento da estrutura da massa.

Descrição

As nossas melhorantes para panificaçao asseguram a viabilidade e as características ótimas das massas congeladas, quer sejam cruas ou pré-fermentadas, garantindo a qualidade e mantendo o volume final dos produtos acabados, inclusive depois de vários meses de congelação.

Produtos

saco 10kg melhorantes frio

PULSO Politec

Melhorante polivalente para bolose padaria. Excelentes resultados em processos de panificação em frio e congelação, reforça a tolerância da massa, melhora o volume e prolonga a frescura das elaborações.

Dose recomendada:

  • Bolos: entre 1% e 4% em função da tecnologia.
  • Pão: entre 0,5% e 2% em função da receita/processo.
saco 25kg melhorantes frio

PULSO Combitec

Melhorante completo para a elaboração de massas congeladas cruas ou pré-fermentadas, melhora a forma, permite um ótimo desenvolvimento no forno e garante uma excelente conservação.

Dose recomendada: 1,5% (15 g para 1 kg de farinha).

saco 20kg melhorantes frio

PULSO Eapan

Produto 2 em 1 (melhorante + massa madre) com os ingredientes essenciais para massas cruas congeladas. Uma solução inovadora que combina a experiência da Lesaffre em fermentação e o know how em formulação:

  • Cobre várias tecnologias e vários tempos de processos.
  • Tem uma base de massa madre de trigo e centeio que confere um bom sabor ao produto final com umas notas aromáticas características destes cereais.
  • Alta tolerância à congelação.

Dose recomendada: 1% (10 g para 1 kg de farinha)

Benefícios

  • Massas cruas ou pré-fermentadas. Os nossos melhorantes de frio reforçam as propriedades das massas cruas ou pré-fermentadas que serão submetidas a uma congelação posterior:
    • Diminuem o impacto da rutura da estrutura proteica que podem gerar os cristais de gelo durante a congelação.
    • Diminuem o esboroamento gerado pelas diferentes tensões internas entre miolo e côdea durante a congelação, e pela secagem superficial da côdea durante a congelação (“queimadura por frio”).
  • Reativação no forno. Após o processo de congelação, haverá quase sempre uma cozedura final para que o produto final esteja pronto a ser consumido. Os nossos melhorantes para frio permitem uma excecional reativação no forno, um bom desenvolvimento e volume, e um pão final com uma excelente qualidade sensorial.

Instruções

Adicionar à farinha no início do processo.

Embalagem

Sacos de 10, 20 e 25 kg (dependendo da referência) de papel kraft e polietileno, especialmente pensados para garantir uma conservação e uma ótima manipulação do produto.

Armazenamento e conservação

Conservar em lugar fresco, seco, longe do chão e a uma temperatura inferior a 25ºC.

Tem alguma dúvida? Contacte com os nossos especialistas